[Libros] Arredismo e anarquia

a

Históricamente, só alguns autores, certas individualidades e efémeros projetos abordarom o conflito de libertaçom do povo galego e dos povos oprimidos em geral desde um prisma antiautoritário integral e, normalmente, quando o figérom foi através de preconceitos ideológicos, sem chegarem a compreender a sua essência, deixando o terreno livre para todo quanto instrumentalizador e autoritário há em todas as iniciativas e operaçons propagandísticas levadas a cabo por grupos políticos presentes no território. Um dos vários motivos poderia ser a falta de memória e trabalho de recuperaçom com respeito os laços associativos e tecidos comunitários que ligárom o nosso país durante longo tempo desde a sua própria base, assegurando a sua sobrevivência com diversos ensaios autogeridos como aspeto comum.

Talvez a consideraçom mais atenta sobre esta problemática por parte de novas geraçons de moços antiautoritários galegos desde há mais ou menos umha dúzia de anos, inaugurou para o independentismo novas possibilidades projetantes de caráter libertário no contexto de tensom da luita pola autodeterminaçom do povo galego e que poderiam representar um problema de gestom para o Estado-capital em geral, e um rejeitamento íntegro dos Estados tradicionais em concreto, mas no momento presente falamos só dumha interessante projeçom, achando em falta e aproveitando também esta compilaçom de textos de distintos autores para reclamar umha sólida projetualidade.


Para ler ou descarregar o texto:

ARREDISMO E ANARQUIA

Para conseguir ediçons físicas:

abordaxe@bastardi.net


Varias/os Autoras/es

Ano: 2014

Páginas: 38

Traduçom: Aarón L. Rivas e Xoán R. Sampedro

Desenho e maquetaçom: Ediçons Diáspora

Preço: 2 €